poesia francisco guedes
 
INICIO  INICIO
SOBRE MIM  SOBRE MIM
POEMAS  POEMAS
LIVROS  LIVROS
CONTACTOS  CONTACTOS
 
copyright 2010-2017
administração
poemas
 
poesia
O dinheiro
Maldito seja o dinheiro
Que alguns não sabem gastar
Com tanta gente com fome
Com tanta gente a chorar

Todos nascemos pró mundo
Sem nada nas mãos trazer
Pois assim se vem ao mundo
E assim se há-de morrer

Também há quem muito poupe
E o dinheiro quer guardar
Mas sabe que o dinheiro
Só foi feito para gastar

Colocado em 18-04-2011

Voltar